Programa Provisório

Programa

09:00 - 09:15
Anfiteatro

Sessão de Boas Vindas

09:15 - 09:30
Anfiteatro

Uma saudação da Sociedade Europeia para Cuidados de Saúde Centrados na Pessoa

09:30 - 10:45
Anfiteatro

Cuidados de Saúde Centrados na Pessoa e Bioética

Os cuidados de saúde centrados na pessoa são um meio de pensar e fazer coisas que tem em conta as necessidades, vontade, valores, narrativas, circunstâncias sociais e estilo de vida das pessoas. Isso implica novos tipos de procedimentos e de relacionamentos, bem como questões de direito. Estes temas serão apresentados e discutidos numa perspectiva bioética.



09:30-09:45 - Ana Sofia Carvalho

Bioética e cuidados de saúde centrados na pessoa


09:45-10:00 - Susana Teixeira

Cuidados de saúde centrados na pessoa enriquecidos pela narrativa 


10:00-10:15 - Filomena Girão

Direito da saúde e cuidados centrados na pessoa

10:45 - 11:00
Ordem dos Médicos

Coffee-break

11:00 - 12:15
Anfiteatro

Evidência e competência em cuidados de saúde

O envolvimento do doente e do público nos cuidados de saúde.

A questão da evidência continua a suscitar controvérsias e os sucessivos paradigmas exigem novas competências. A medicina mente-corpo deve constituir um background permanente e novos sistemas de pensamento devem ser desenvolvidos e testados em todas as áreas da saúde.


11:00-11:15 - Mary Chambers

Envolvimento dos doentes e do público nos cuidados de saúde: um pré-requisito fundamental para cuidados centrados na pessoa


11:15-11:30 - Henrique Barros

O que é ser competente em Saúde Pública?


11:30-11:45 - Jaime Milheiro

Medicina da mente-corpo


12:15 - 12:45
Anfiteatro

Espaço para possível simpósio satélite

12:45 - 14:00
.

Intervalo para Almoço

14:00 - 15:15
Anfiteatro

Educação Médica

Diante dos tremendos avanços científicos e tecnológicos da medicina, juntamente com um colapso de valores humanos, é necessária uma modificação significativa nos currículos das escolas de medicina. Devem incluir preocupações com a literacia em saúde da população, empoderamento do paciente, bem como sensibilidade social e humana dos profissionais de saúde.


14:00-14:15 - Andrew Miles

Por que devemos praticar cuidados de saúde centrados na pessoa? Qual é a evidência para esse tipo de cuidados?


14:15-14:30 - Manuel Cardoso de Oliveira

Como educar os médicos nestes novos tempos? 


14:30-14:45 - Rui Estrada

Literacia em saúde e cuidados centrados na pessoa

15:15 - 15:30
Ordem dos Médicos

Coffee-break

15:30 - 16:45
Anfiteatro

Foco na dupla face das novas tecnologias e na implementação dos cuidados de saúde centrados na pessoa

A inteligência artificial, capaz de resolver problemas que normalmente requerem inteligência humana, tem sido objecto de grande interesse devido aos avanços significativos em efectividade. Mas há uma dupla face nestas novas tecnologias que nos força a criticamente equilibrar o seu uso.


15:30-15:45 - Andrew Miles

Cuidados centrados na pessoa: um novo meio de pensar e fazer na prática clínica


15:45-16:00 - Michael Loughlin

Medicina e ciência – o que correu mal? 


16:00-16:15 - Tiago Taveira

Decisões clínicas na era da inteligência artificial

16:45 - 16:55
Anfiteatro

Comentários Finais

09:00 - 10:15
Anfiteatro

Foco na assistência à saúde centrada na pessoa e na gestão de doentes com cancro e outras doenças crónicas. Implementação de cuidados centrados na pessoa e importância da tomada de decisões partilhadas

09:00-09:15 - Manuel Sobrinho Simões

Assistência centrada na pessoa no tratamento de doentes com cancro


09:15-09:30 - Jonathan Elliott Asbridge

Implementação operacional de cuidados de saúde centrados na pessoa: conceitos e metodologia na prática clínica 


09:30-09:45 - Michael Loughlin

Foco na tomada de decisão clínica partilhada. A necessidade de clarificação conceptual

10:15 - 10:30
Ordem dos Médicos

Coffee-break

José Artur Paiva

Moderador(a)

Ana Azevedo

Orador(a)

Nuno Pereira

Orador(a)

Sofia Correia

Orador(a)

Adelaide Belo

Discussão

Dulce Pinto

Discussão

Inês Alves

Discussão
10:30 - 11:45
Anfiteatro

A implementação de projetos de melhoria da qualidade e o conceito de cuidados de saúde centrados na pessoa

Sobre uma estratégia global para a melhoria da qualidade, desde o domicílio até aos cuidados hospitalares, será aberta uma discussão com diversos especialistas.


10:30-10:45 - Ana Azevedo

Percursos de doentes integrados entre atendimento domiciliário, primário e hospitalar para doentes com cancro


10:45-11:00 - Sofia Correia

Melhorar o acesso aos cuidados hospitalares de especialidades 


11:00-11:15 - Nuno Pereira

Controlo da KPC  (Klebsiella produtoras de carbapenemases) através de stewardship antimicrobiana (AMS), vigilância epidemiológica e cohorting


11:45 - 11:55
Anfiteatro

Sessão de Encerramento

12:30 - 13:00
Anfiteatro

Espaço para possível simpósio satélite

13:00 - 14:00
.

Intervalo para Almoço

14:00 - 17:00
Sala

Comunicações Orais e Posters

Moderação: Carla Fernandes, Cristina Amaral, Filomena Girão, João Paulo Pina, Lurdes Gandra, Paulo Moreira,  Pedro Reis, Rui Cruz, Tiago Taveira

Apresentações

Nenhuma apresentação agendada.
organizado por APASD and ESPCH | Termos | Privacidade

powered by eventQualia